Imagem: O Globo 
Acidente grave em subsidiária da Petrobras passa despercebido ou quase assim. Dois operários morreram e um ficou gravemente ferido, na última quarta-feira - 26/agosto, em Vitória-ES, quando uma caldeira administrada pela BR Distribuidora - empresa ligada a Petrobrás, explodiu.
O acidente ocorreu na parte da manhã, por volta das 10:00 horas, no Terminal de Graneis Liquidos, no Porto de Tubarão e moradores próximos da área sinistrada, ficaram assustados com o forte estrondo - tudo tremeu!
Novamente, acidente de trabalho tira a vida de dois funcionários, em horário de serviço e quando envolve empresas de porte, neste caso - BR Distribuidora/Petrobras, seus diretores apenas divulgam "nota", considerando que o ocorrido foi apenas uma "fatalidade".
E às vezes, dão a entender, que as vitimas não pertenciam ao seu quadro de funcionários e sim, de uma empresa prestadora de serviços contratada pela subsidiária. Uma terceirização de mão-de-obra.
Comissão interna vai apurar as causas do incêndio e da explosão.
Duas vidas se foram.
Quem sabe, algum sindicato ligado à categoria, possa interpelar - até que ponto, a terceirização de serviço - muito usada ultimamente, possa dar garantias e oferecer ao empregado, um mínimo de segurança no seu posto de trabalho e primordialmente à sua vida.
Terceirização é bom para quem?

Reportagem Adriano Bossi

Postar um comentário

Regras de comentário:

PROIBIDO
Comentários ofensivos.
Xingamentos.
Palavrões.
Spam.
Comentários sem relação alguma com o conteúdo.
Injúrias.

Tecnologia do Blogger.